Criação de entidade nacional de representação patronal é uma das metas 2017

 

O Seac-MG divulgou, nesta sexta-feira,(03/03) as Metas 2017, que foram definidas por meio do Planejamento Participativo e aprovadas em Assembleia Geral Extraordinária (AGE), realizada no dia 14 de fevereiro. A publicação “Metas 2017 – Planejamento e Participação” traz também um balanço das ações implementadas em 2016.

Para este ano, foram definidas 25 metas, com destaque para a criação de entidade nacional de representação patronal. Foram mantidas diversas metas estabelecidas e cumpridas em 2016, pelos resultados alcançados ao longo do ano, conforme balanço divulgado pelo Sindicato. “Os indicadores da ISO 9001:2008 demonstram que o Seac-MG mantém a qualidade dos serviços prestados, com a busca constante da melhoria”.

As novas metas incluem também a adaptação da Certificação do Seac-MG à norma ISO 9001:2015. Atualmente, o Sindicato ostenta a ISO 9001:2008, conquistada em 2012, que vem mantendo sem apresentar qualquer não conformidade, conforme constatado em auditórias realizadas periodicamente pelo Organismo Certificador Rina Brasil Serviços Técnicos.

O destaque em 2016 foi a implantação da Videoconferência, que se torna um canal aberto para a participação a distância dos cursos, palestras, AGEs e reuniões do Conselho de Administração. O novo serviço é oferecido às empresas associadas, que devem se cadastrar e baixar o aplicativo.

Em 2016, o Seac-MG lançou também a campanha “Contribuição Sindical: Direito sim. Inadimplência não!”, que consiste na cobrança extrajudicial das empresas em atraso. Caso o débito não seja quitado, o Seac vai cobrar judicialmente, com base no art. 606, da CLT. Segundo o presidente do Seac-MG, Renato Fortuna Campos, a medida tem como fundamento garantir a igualdade entre as empresas do segmento.

Clique na imagem para abrir o arquivo:

Visit Us On InstagramVisit Us On FacebookVisit Us On Linkedin