6ª Ação mobiliza crianças e adultos em Minas

Neste ano, o Seac-MG priorizou a educação ambiental e a reciclagem durante a 6ª Ação Nacional Febrac, promovida em Belo Horizonte e Patos de Minas, no dia 21 de setembro, a partir das 8h30. O evento contou com a parceria de empresas associadas, órgãos públicos, organizações não governamentais, fornecedores e muitos voluntários, entre eles, crianças.

Na capital mineira, as atividades se concentraram no Parque Ecológico da Pampulha, com oficinas de educação ambiental e de reciclagem, show com o mágico Mr. Fino, distribuição de cartilhas e pipas ecológicas, e plantio de mudas.

Em Patos de Minas, a 6ª Ação contou com a parceria da empresa Conserbras Multi Serviços, e alunos do curso de Engenharia Ambiental do Centro Universitário de Patos de Minas (Unipam). A programação incluiu um Ecobike, passeio ciclístico saindo da Unipam até a orla da Lagoa Grande, quando também fizeram uma coleta de lixo, simbolizando a despoluição das águas.

De acordo com o presidente do Seac-MG, Renato Fortuna Campos, é fundamental a parceria da iniciativa privada com o poder público, a fim de desenvolver ações de responsabilidade socioambiental, principalmente, educando as crianças e conscientizando os adultos. “Precisamos caminhar juntos, porque o problema é de todos, e quando solucionado, os benefícios vão atingir toda a sociedade e gerações futuras. Trabalhando juntos, atingimos um público mais expressivo”, disse o presidente do Seac-MG, destacando a importância da simultaneidade da Ação Febrac, integrando os sindicatos estaduais em prol do meio ambiente.

Dentre as atividades no Parque Ecológico da Pampulha, que tiveram início com a prática do Método DeRose, com a instrutora Amina Guerra, o presidente do Seac-MG e o presidente da Fundação Zoo-Botânica de Belo Horizonte, Jorge Espeschit, fizeram o plantio simbólico de mudas de cerejeira e murta, no Memorial da Imigração Japonesa.

Segundo o presidente da Fundação Zoo-Botânica, a capital mineira se destaca pela participação da sociedade civil. “Uma entidade como o Seac, ao fazer essa parceria, reconhece a importância da preservação do meio ambiente e da educação ambiental, e demonstra ter responsabilidade socioambiental”, destacou o ambientalista Jorge Espeschit.

O Parque Ecológico Promotor Francisco Lins do Rêgo, mais conhecido como Parque Ecológico da Pampulha, foi inaugurado em 2004. São cerca de 300 mil metros quadrados que, juntamente com o Jardim Zoológico e Jardim Botânico, formam a segunda maior área verde de Belo Horizonte. O parque possui cerca de três mil árvores. Recebe um público de mais de cinco mil pessoas nos finais de semana.

Fonte da foto: site Conserbrás

Fonte: Assessoria de Comunicação Social Seac-MG

Visit Us On InstagramVisit Us On FacebookVisit Us On Linkedin