SEAC-MG promove encontro do Movimento BH Novos Tempos

O Sindicato das Empresas de Asseio e Conservação do Estado de Minas Gerais (SEAC-MG) promoveu, no dia 13 de março de 2013, no Baby Beef, em Belo Horizonte, um encontro dos representantes do Movimento BH Novos Tempos. Na avaliação dos organizadores, o encontro foi bastante produtivo, porque a partir dele, os integrantes do Movimento, que representam diversos setores, vão começar a definir novas ações para a cidade, inclusive com vistas à Copa 2014. “Vamos dar continuidade ao Movimento, que nasceu com o objetivo de apresentar propostas de política pública para a capital mineira, destacou o presidente do SEAC-MG, Renato Fortuna Campos. A CDL vai coordenar uma nova reunião para que as entidades apresentem suas sugestões e futuramente, agendar um encontro para entregar o rol de reivindicações ao Executivo Municipal.

Criado em 2008, por iniciativa da Câmara de Diretores Lojistas de Belo Horizonte (CDL), com o objetivo de apresentar as demandas da cidade para os candidatos à Prefeitura, naquele ano, o movimento hoje, reúne mais de 40 entidades de diversos setores. De acordo com o presidente da CDL, Bruno Falci, a iniciativa do SEAC-MG, proporcionou uma oportunidade impar para que o Movimento comece a delinear um novo caminho. “Para isso, vamos reiterar a solicitação que fizemos ao prefeito reeleito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda, para que nos apresente um relatório do cumprimento das reivindicações que o Movimento apresentou à época da campanha eleitoral, em 2008, na qual ele foi eleito pela primeira vez”, destacou.

O presidente do Mercado Central, Mácoud Rademacker Patrocínio, também um dos fundadores do BH Novos Tempos, disse que a mobilização trouxe resultados para a cidade, como as obras do Sistema Rápido de Transporte por Ônibus (BRT).“Temos que ter novas propostas que nos motivem e mobilizem a fazer uma nova ação”, afirmou. Ele lembrou que o movimento apresentou, em 2008, mais de 100 sugestões para o então candidato e atual prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda. A expectativa agora é participar da Conferência Municipal de Políticas Urbanas, contribuindo com sugestões para melhorar a qualidade de vida na capital mineira.

O presidente do Mercado Central – um dos principais pontos turísticos de Belo Horizonte, também elogiou a iniciativa do SEAC-MG. “Tudo precisa de um estopim e o Sindicato proporcionou o momento, que sendo informal ou não, suscitou novas questões que vão servir de proposta do Movimento para a cidade, inclusive de ações visando à Copa 2014”, concluiu.

Ao avaliar o encontro, o diretor Administrativo e Financeiro do SEAC-MG, Ismar Libânio dos Santos, destacou que o Sindicato cumpre seu papel social e político, ao atuar de forma a aumentar a representatividade e assim, influenciar e propor políticas públicas em prol do segmento e da sociedade como um todo.

O encontro reuniu representantes de diversas entidades sindicais e de classe, conselheiros do SEAC-MG, assessores jurídicos, associados e parceiros.

Visit Us On InstagramVisit Us On FacebookVisit Us On Linkedin